segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Cambacica-coereba flaveola-(Linnaeus,1758)(chupa mel,sebinho,caga sebo...)


                                                                                   RESUMO:  
 A cambacica se alimenta de néctar, frutas e artrópodes. Tem o bico levemente encurvado, facilitando o uso no recolhimento de néctar. Costuma se pendurar nos galhos enquanto se alimenta!
É bem comum em nossos pomares, estas fotos eu consegui tão próximas porque eu estava bem tranquilo tomando um chimarrão ao  meio-dia, embaixo de uma laranjeira, e ela apareceu, por sorte eu estava com a câmera,aí foi fácil.!.

 A cambacica (Coereba flaveola) é a única espécie da família Thraupidae no sistema classificativo tradicional. É também conhecida como mariquita, chupa mel, chiquita (Rio de Janeiro), sebinho (Minas Gerais), caga-sebo, cabeça-de-vaca (interior de São Paulo), sibite (Ceará), sebito e guriatã de coqueiro (Pernambuco), sebinho, papa-banana (Rio Grande do Sul), saí e tem-tem-coroado (Pará), sibito-de-manga (Maranhão). Nos sistemas classificativos anteriores à taxonomia de Sibley-Ahlquist, a cambacica classificava-se numa família própria,Coerebidae. Fonte: www.wikiaves.com.br


SUBESPÉCIES:Existem 41 subespécies válidas, 5 delas presentes no Brasil:
veja aqui:http://www.wikiaves.com/cambacica

LOCAL DOS REGISTROS: Arroio o Moinho 1º Canguçu RS
A cambacica é conhecida por ser um pássaro ágil e irrequieto, tendendo a apresentar hábitos solitários e nômades. Não parece ser territorial, nem os machos disputam fêmeas com outros machos. Em zonas habitadas pelo homem desenvolve muita familiaridade para com este, permitindo aproximação a pouca distância, chegando inclusive a penetrar em residências em busca de alimento. Machos e fêmeas que não estão envolvidos na procriação constroem ninhos individuais para pernoite, de forma aproximadamente esférica e com uma entrada baixa e larga, usando grama, folhas, penas, teias de aranha, fibras vegetais, incluindo às vezes materiais fabricados pelo homem, como papéis, plástico e cordões, numa organização frouxa. Sua confecção leva de duas a quatro horas.
Antecede a reprodução uma corte realizada pelo macho, que canta em torno de seu próprio ninho e o da fêmea com que pretende acasalar. Quando a fêmea aceita a corte, desenvolve-se um ritual que inclui inclinações do corpo, meneios com a cabeça, raspagem e voo em várias direções. Depois do acasalamento inicia a construção do ninho de procriação, mais complexo do que o ninho individual e cujo material é providenciado pelo macho  Sua construção se estende por seis a oito dias; é mais alto e mais bem acabado, tem paredes mais espessas e uma entrada bem menor, voltada para baixo, protegida por um longo alpendre que se aproxima da entrada e a veda completamente. Entretanto, há bastante variação nas estruturas. Uma pesquisa de Wunderle e Pollock indicou que a cambacica prefere construir seu ninho em proximidade de ninhos de vespas, que lhe proporcionam uma proteção adicional. Enquanto a fêmea está ocupada, o macho mantém uma atitude protetora e permanece próximo. Depois que os ovos são postos o macho perde seu interesse, passando a viver em seu próprio ninho e cortejando outras fêmeas.
Embora as formas de reprodução possam variar ligeiramente entre as subespécies, tipicamente a cambacica constrói um ninho em que põe de um a três ovos de cor branco-creme, às vezes de tom rosado e com pintas marrons. Em geral ocorrem várias nidificações em um ano, transcorrendo um período de cinco meses dedicado à alimentação dos filhotes. Em algumas regiões a nidificação está sincronizada com as primeiras chuvas da estação úmida. A chocagem dos ovos e alimentação e proteção da prole são realizados quase exclusivamente pela fêmea. Fonte: wikipédia

Ouça aqui o canto da 
Cambacica: http://www.wikiaves.com.br/25845&tm=s&t=s&s=11542

ESTADO DE CONSERVAÇÃO:         Pouco preocupante

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Como fazer mudas de cássia-imperial (Cassia fistula, L.) (chuva de ouro) através de sementes

  Em uma de minhas idas a Pelotas RS, aqui pertinho me deparei com esta magnifica árvore,(imagem  wikipédia) muito linda,  carregada em f...