sábado, 20 de abril de 2013

Pitiguari -- Cyclarhis gujanensis (Gmelin, 1789)

clique nas imagens para ampliar
                                                              
                                                                      RESUMO:
Mede cerca de 16,5 centímetros, tem cabeça e bico desproporcionais ao corpo. O bico é todo acinzentado com leve tom róseo, de aspecto poderoso e terminando com uma ponta fina, virada para baixo, parece um bico de uma ave de rapina em um pássaro. As cores são únicas, com a cabeça e nuca acinzentadas, uma nítida e característica faixa marrom avermelhada sobre os olhos (laranja escuro nos adultos, marrom uniforme nos juvenis). Alto da cabeça oliváceo ou cinza escuro. No peito, uma larga faixa amarelada separa a barriga e garganta cinza claro, quase branco. Dorso pardo esverdeado. Macho e fêmea são idênticos.


 Alimenta-se de invertebrados apanhados no meio da vegetação, onde é surpreendente como esconde-se bem. Vistoria as folhas cuidadosamente, às vezes penetrando nos emaranhados mais densos. Apanha lagartas grandes, maiores do que se imaginaria, pelo seu porte. Mata as presas com o bico forte e batendo-as contra os galhos. Ainda alimenta-se de larvas e pequenos frutos.   


Vive em casais, os machos ligeiramente maiores do que as fêmeas, mas é necessário observá-los juntos para conseguir determinar o sexo. Entre julho e novembro (período reprodutivo), cantam  intensamente o melodioso chamado flautado, entendido como os nomes comuns dado à espécie. Uma ave responde à outra, enquanto andam na parte alta e média da mata. Ocasionalmente, vistoria arbustos baixos. Responde a seu canto imitado ou gravado, procurando a fonte emissora. Agressivo, ataca outros pitiguaris em seu território. A maior parte da construção do ninho  é um trabalho da fêmea que utiliza fibras vegetais na confecção de uma tigela aberta e funda, revestida com musgos. O ninho é bem preso numa forquilha de árvores com auxílio de teias de aranha. Nele são postos os ovos branco-avermelhados com salpicos roxos e brancos, medindo 24 por 18 milímetros. O macho e a fêmea revezam-se na incubação, durante cerca de 14 dias, e alimentam os filhotes.
Fonte/wikiaves.

''Apanha lagartas enormes, o qual pude filmar em  um vídeo que  esta disponível neste blog na pág: ''Vídeos  you tube''.


 Entre julho e novembro reproduzem, então cantam intensamente.  Ave bem  abundante por aqui''

 LOCAL DAS FOTOS:     Arroio do Moinho  1ºdistrito Canguçu RS


Ouça aqui o canto do

Pitiguari:http://www.wikiaves.com.br/113498&tm=s&t=s&s=11451

Para informações super detalhadas desta ave clique aqui:http://www.wikiaves.com.br/pitiguari

ESTADO DE CONSERVAÇÃO:   Pouco preocupante


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Como fazer mudas de cássia-imperial (Cassia fistula, L.) (chuva de ouro) através de sementes

  Em uma de minhas idas a Pelotas RS, aqui pertinho me deparei com esta magnifica árvore,(imagem  wikipédia) muito linda,  carregada em f...