Pular para o conteúdo principal

Corujinha - do -mato *** Megascops choliba (Vieillot, 1817)

Clique nas imagens para visualizar em tamanho grande



RESUMO:
A corujinha do mato é uma ave Strigiforme da família Strigidae. Também conhecida como coruja-do-mato ou caburé de orelha (RN/PB).
Seu chamado mais característico é um piar acelerado ascendente, emitido com grande frequência no escureçer aproximadamente lá pelas 19:00 20:30horas, mas também é ouvida de madrugada como da 0:00 a 1:00 h. Imitado costuma se aproximar da fonte ou responde com mais intensidade . Menor que a coruja buraqueira, medindo cerca de 20, a 22 cm.
Destacam-se em sua silhueta duas ''orelhas'' nos lados da cabeça. Os olhos são amarelados destacados na parte cinza clara contornado com negro externamente.Peitos cinzas com rajados escuros e verticais sobre finas listras transversais. Dorso cinza amarronzado com bolas e rajas escuras. O juvenil sem as ''orelhas'' e os riscos escuros na plumagem como em outras corujas, aparece uma variação natural de exemplares adultos com plumagem marrom avermelhada no lugar de cinza.
Voa sem criar grandes turbulência , formadoras dos ruídos característicos do rufar das asas.
Com isso aproxima-se  da presa em silêncio, tendo-a  localizado
antes pela visão  ou através da audição apurada.

FONTE DE PESQUISA: www.wikiaves.com.br

Esta ave foi muito legal de registrá-la, pois até hoje nunca havia observado este belíssimo espécime. Tudo começou este ano de 2014 no mês de fevereiro, pois ouvi sons horríveis, parecia uma pessoa sendo estrangulada tentando respirar, bem perto de minha casa. Nas primeiras tentativas de aproximação não consegui nada, pois chegava perto do som sessava tudo, e era sempre ao anoitecer.   Depois de alguns dias consegui visualizar e gravar o som, e descobri  ser filhotes de corujinha do mato, desconhecidas pra mim até então.  Com o tempo consegui fazer várias fotos, com ajuda de minha esposa pois fotografar a noite é complicado, pois você tem que ter um ponto de luz pra poder focalizar se não nem pensar.. E ela me ajudou com uma lanterna.. Lembro que no dia do 1º registro a gente comemorou muito.
Consegui identificá-las através de uma gravação que coloquei pra tocar, elas vieram bem pertinho sendo possível assim fazer o registro.  Depois de alguns dias pude seguidamente escuta-las por várias noites seguidas, sendo que muitas vezes vários indivíduos cantavam em várias direções!   '' Elas são realmente  muito pequenas''.


LOCAL DAS FOTOS:   Arroio do Moinho 1º Canguçu RS

ESTADO DE CONSERVAÇÃO:  Pouco preocupante

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que o urubu fica horas pousado com as asas abertas?

Pessoal eu cheguei nesta mesma pergunta!! A um tempinho já que este comportamento vem me a cutucar a curiosidade.  E como sou curioso por demais fui atras de informações sobre este comportamento .  Conversando com um, com outro, cada um tinha uma opinião. Alguns mais antigos, como pais,  avós, tinham suas crenças, e todas relacionadas ao tempo. Segundo eles, quando estão  assim, vem chuva , ou estão com calor, igual as galinhas, que também abrem as asas quando esta muito quente.   Mas será que tem algum sentido esta teoria deles?  Eu tirei minhas próprias conclusões a respeito, e já que no momento não achei nada específico sobre o assunto arrisquei alguns palpites! " Lembrando que são apenas especulações sobre o fato."  A ave esta  marcando o seu território; talvez mostrando alguma  agressividade a outras aves que passam perto. Recarregando suas baterias ,ou refrescando-se. Muitas aves necessitam de um aquecimento para iniciarem suas atividades

(FALHA)Plantei sementes de acácia imperial mas nasceram cafezinho do mato!!

  Em uma de minhas idas a Pelotas RS, aqui pertinho me deparei com esta magnifica árvore,(imagem  wikipédia) muito linda,  carregada em flores.  Era em uma repartição pública, tinha ido acompanhar minha esposa em serviços burocráticos. Como nunca tinha visto algo assim, e sou muito curioso, fui logo tentar me informar com o guarda; se sabia da espécie, foi aí que me contou que várias pessoas levavam vagens para tentar fazer mudas. Fiquei muito interessado e recolhi algumas vagens também pra tentar fazer algumas mudas.                                                              Bem, vamos lá! Pesquisando na net descobri que as sementes tem a casca muito dura, e seria necessário romper a camada mais dura da semente, para a água poder chegar no núcleo e assim germinar. As sementes além de duras estão protegidas por uma camada de resina, e o cheiro é muito agradável. Estão aí as sementinhas 35,36 parece... Bom o segredo é romper a casca mais dura, para isso usei o es

Ninho de guache *** Cacicus haemorrhous (Linnaeus, 1766)

 A foto não ficou das melhores, mas da para se ter uma noção de como eles fazem o ninho. Mesmo estilo do tecelão, veja bem abaixo na pág.                                  Acredito que sejam parentes próximos, pois o bico os olhos as manchas nas penas são bem peculiares.                         *Acima os donos e seus respectivos ninhos, abaixo o ninho do tecelão. Ninho de tecelão tecelão                                              Observe como as aves são parecidas! LOCAL DAS FOTOS:  Guache  Cacicus haemorrhous : Foz do Iguaçu                                       Tecelão Cacicus chrysopterus : Arroio do Moinho Canguçu.