Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Pica-pau-dourado *** Piculus aurulentus (Temminck, 1821) -Yellow-browed Woodpecker-

Imagem
  RESUMO:   O pica-pau-dourado  mede entre 21 e 22 centímetros de comprimento e pesa entre 22 e 68 gramas.  Emite um grito fortíssimo e agudo ou tamborila por minutos, seguidos em grandes troncos secos e ocos no interior sombrio das matas. O macho tem a testa vermelha brilhante até a nuca com borda de oliva muito fino, estreita faixa pós ocular branco amarelada que termina na nuca. Apresenta os lados da cabeça oliváceos atravessados por duas faixas amarelas horizontais, garganta amarela, faixa malar vermelha. Peito e ventre são verde oliva barrados de branco. Habita o interior e as bordas da Mata Atlântica montana (de 750 a 2000m de altitude), com sub-bosque tomado por soqueiras de bambus; nas matas subtropicais no Sul. Também frequenta matas mesófilas, matas ciliares e matas de araucárias.Vive sozinho ou aos pares, acompanhando bandos mistos pelo sub-bosque e estrato médio de áreas serranas florestadas do Sudeste e Sul do Brasil. Suja a plumagem, principalmente quando encosta

Marreco mandarim (macho) *** Aix galericulata Lineu, 1758 - AVES ORNAMENTAIS-

Imagem
O Pato-mandarim ( Aix galericulata ), marreco-mandarim ou apenas mandarim, é um pato de médio porte, parente próximo do  pato carolino. Mede de 41 a 49 cm de comprimento, com uma envergadura de 65 a 75 cm. O macho adulto é uma ave marcante e inconfundível. Possui um bico vermelho, faixas brancas crescentes acima dos olhos, uma face avermelhada e "bigodes". O peito é roxo com duas faixas verticais, os flancos rosados, com duas faixas laranjas que deslizam pelas costas. A fêmea é similar à fêmea do Pato-carolino, com um anel branco em volta do olho e desenhado para a parte de trás do olho, esbranquiçada na parte debaixo, com uma pequena faixa branca na lateral e esbranquiçada também na ponta do bico. Os Patos Mandarins são referenciados pelos chineses.  são frequentemente destacados na arte Oriental e são considerados como símbolos de carinho e fidelidade conjugal. Uma vez que, após acasalarem se mantêm aos pares para o resto da vida.  O símbolo do Pato Mandarim é tamb

Perdiz *** hynchotus rufescens (Temminck, 1815) -Red-winged Tinamou-

Imagem
É conhecida no Brasil como perdiz, perdigão (sul do Brasil) ou inhambupé (NE do Brasil), é a espécie  Rhynchotus rufescens  , ave   da família dos Tinamídeos, de pequena distribuição geográfica no Brasil. Terrícola, mede entre 35 e 37 cm, habita os campos sujos, cerrados e caatinga. Alimenta-se de sementes, invertebrados, raízes e frutos. É ave cinegética  por excelência, sendo caçada com auxílio de cães (tiro ao vôo) e por meio de pio de madeira específico (setembro a outubro). É o maior tinamídeo campestre no Brasil, sua plumagem apresenta excelente coloração de camuflagem ou mimetismo,  com a vegetação de seu habitat. Sua criação em cativeiro apresenta resultados muito favoráveis em termos de reprodução, resistência a doenças e facilidade no manejo, possibilitando inclusive a sua criação como ave de corte. Apesar de ser conhecida como  perdiz, esta ave não pertence à família Phasianidae. Fonte: wikipédia     A perdiz é uma ave tinamiforme  da família  Tinamidae.  Também