Pular para o conteúdo principal

Guabiroba do campo Myrtaceae *** campomanesia aurea O. Berg Canguçu RS



              local do registro: Canguçu , cochilha dos campos

Em uma de minhas andanças me deparei com um aglomerado de frutinhas até então desconhecida para mim. Ela estava localizada em uma beirada de estrada do lado de alguns túmulos antigos creio que da época que as propriedades mais antigas tinham o costume de enterrar seus entes queridos em suas respectivas propriedades.  Arranquei alguns pezinhos pra tentar plantar em casa, e identificá-los. daí que vem o desafio.. como sou membro em um grupo de identificação pedi ajuda e depois de muito trabalho com o pessoal chegamos a conclusão . 

Características: São arbustos pequenos totalmente glabros (sem pelos) com folhas estreitas e rijas, crescendo de 30 a no máximo 1 m de altura. As folhas são imbricadas (uma folha totalmente externa, outra totalmente interna e outra com um lado recoberto pela próxima folha) subsésseis (com pecíolo ou cabinho muito curto), coriáceas (rijas como couro), com base arredondada e apice ou ponta atenuada (muito curta) medindo 1,5 a 3,2 cm de comprimento por 1 a 1,8 cm de largura. As flores nascem em pedúnculos (haste ou suporte) unifloros de 1 a 3 cm de comprimento com 2 bractéolas (tipo de folha de proteção) linear (estreito) e persistente. As flores quando abertas são brancas e medem 7 a 9 mm de diâmetro. Os frutos são bagas verde amareladas de 1 a 1,6 cm de diâmetro com sementes duras e grandes.

Dicas para cultivo: É planta de crescimento lento, porém resiste a geadas inferiores a -3 grau, podendo ser cultivada em qualquer altitude. O solo pode ser profundo, de drenagem rápida, acido ou neutro com pH entre 4,5 a 6,8, com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho) e até pedregoso. São muito resistentes a secas longas e começam a frutificar com 2 anos após o plantio. Pode ser cultivada em vasos de 50 cm de altura e no mínimo 30 cm de largura usando substrato de terra vermelha (50%), areia (30%) e matéria orgânica (20%).

Fonte:http://www.colecionandofrutas.org/campomanesiaaurea.htm

Comentários

  1. Muitíssimo interessante essa espécie de Campomanesia, sou colecionador desse gênero botânico e pergunto qual será a possibilidade de conseguir sementes contigo na próxima estação (roger.artes@hotmail.com)?

    ResponderExcluir
  2. Boa amigo...fiquei de conseguir para um outro colega cheguei até a enviar ..mas acho que faltou umidade e não nasceu. .Quando for na região novamente vou coletar sementes daí mando pra você também. ..Abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Por que o urubu fica horas pousado com as asas abertas?

Pessoal eu cheguei nesta mesma pergunta!! A um tempinho já que este comportamento vem me a cutucar a curiosidade.  E como sou curioso por demais fui atras de informações sobre este comportamento .  Conversando com um, com outro, cada um tinha uma opinião. Alguns mais antigos, como pais,  avós, tinham suas crenças, e todas relacionadas ao tempo. Segundo eles, quando estão  assim, vem chuva , ou estão com calor, igual as galinhas, que também abrem as asas quando esta muito quente.   Mas será que tem algum sentido esta teoria deles?  Eu tirei minhas próprias conclusões a respeito, e já que no momento não achei nada específico sobre o assunto arrisquei alguns palpites! " Lembrando que são apenas especulações sobre o fato."  A ave esta  marcando o seu território; talvez mostrando alguma  agressividade a outras aves que passam perto. Recarregando suas baterias ,ou refrescando-se. Muitas aves necessitam de um aquecimento para iniciarem suas atividades

(FALHA)Plantei sementes de acácia imperial mas nasceram cafezinho do mato!!

  Em uma de minhas idas a Pelotas RS, aqui pertinho me deparei com esta magnifica árvore,(imagem  wikipédia) muito linda,  carregada em flores.  Era em uma repartição pública, tinha ido acompanhar minha esposa em serviços burocráticos. Como nunca tinha visto algo assim, e sou muito curioso, fui logo tentar me informar com o guarda; se sabia da espécie, foi aí que me contou que várias pessoas levavam vagens para tentar fazer mudas. Fiquei muito interessado e recolhi algumas vagens também pra tentar fazer algumas mudas.                                                              Bem, vamos lá! Pesquisando na net descobri que as sementes tem a casca muito dura, e seria necessário romper a camada mais dura da semente, para a água poder chegar no núcleo e assim germinar. As sementes além de duras estão protegidas por uma camada de resina, e o cheiro é muito agradável. Estão aí as sementinhas 35,36 parece... Bom o segredo é romper a casca mais dura, para isso usei o es

Ninho de guache *** Cacicus haemorrhous (Linnaeus, 1766)

 A foto não ficou das melhores, mas da para se ter uma noção de como eles fazem o ninho. Mesmo estilo do tecelão, veja bem abaixo na pág.                                  Acredito que sejam parentes próximos, pois o bico os olhos as manchas nas penas são bem peculiares.                         *Acima os donos e seus respectivos ninhos, abaixo o ninho do tecelão. Ninho de tecelão tecelão                                              Observe como as aves são parecidas! LOCAL DAS FOTOS:  Guache  Cacicus haemorrhous : Foz do Iguaçu                                       Tecelão Cacicus chrysopterus : Arroio do Moinho Canguçu.